Tecnológicos / Gastronomia
Notícias
Gastronomia
08/06/2017 - 17:50
Competição acirrada marca Concurso Gastronômico na UCB
Com a participação de convidados e chefes renomados, estudantes do 4º semestre do curso de Gastronomia apresentaram um tour gastronômico repleto de criatividade e sabor, em prova que simboliza a conclusão do curso
  • Competição acirrada marca Concurso Gastronômico na UCB
  • Competição acirrada marca Concurso Gastronômico na UCB
  • Competição acirrada marca Concurso Gastronômico na UCB
  • Competição acirrada marca Concurso Gastronômico na UCB
  • Competição acirrada marca Concurso Gastronômico na UCB
  • Competição acirrada marca Concurso Gastronômico na UCB
  • Competição acirrada marca Concurso Gastronômico na UCB
  • Competição acirrada marca Concurso Gastronômico na UCB
  • Competição acirrada marca Concurso Gastronômico na UCB
  • Competição acirrada marca Concurso Gastronômico na UCB
  • Competição acirrada marca Concurso Gastronômico na UCB
Esquerda Fotos: Carolina Matos e divulgação Direita
 Preparar um jantar para convidados é um grande desafio. Ter a participação de chefes da gastronomia local como parte desses convidados faz com que a pressão seja ainda maior. Com a produção de cardápios repletos de criatividade e sabor, os estudantes do 4º semestre do curso de Gastronomia da Universidade Católica de Brasília (UCB) optaram por preparações da Argentina, Estados Unidos, Turquia e Portugal, na 6ª edição do Concurso, realizado no dia 5 de junho.

A atividade idealizada pela professora Jennifer Lacerda avalia quesitos das disciplinas de Cozinha Internacional II e Panificação e Confeitaria Avançada. “Em formato de competição, o Concurso foi idealizado para que os estudantes buscassem, além dos conhecimentos que tiveram em sala de aula, um aprofundamento sobre a cultura dos países, fazendo uma releitura ou criando sua própria preparação. Trazer para o júri clientes e profissionais da área gastronômica tem como intuito proporcionar aos estudantes a experiência de receber críticas e opiniões verdadeiras do mundo real, para se familiarizarem com uma rotina que os espera no mercado de trabalho”.

Responsável pela disciplina de Cozinha Internacional II, o chefe Alex Sabino contou que os estudantes ficaram à vontade para escolher as localidades que iriam representar gastronomicamente. “Durante o semestre, trabalhamos conteúdos da culinária de todos os continentes. É importante que, mesmo que a pessoa não atue com determinado seguimento da gastronomia de um país, possa conhecer a culinária de diferentes culturas. Isso reflete muito nos aspectos criativos na elaboração dos pratos no dia a dia”.

Presente pela primeira vez no evento, o diretor da Escola de Gestão e Negócios da qual o curso faz parte, professor André Cavalcanti, destacou a importância desse tipo de atividade na preparação dos estudantes para o mercado de trabalho. “Eu acho que, quem opta por Gastronomia e realmente quer atuar na cozinha, tem que acostumar com pressão diária. Os professores trabalham desde o primeiro semestre com essa tentativa de simular essa adrenalina de uma cozinha e isso é fundamental para a formação dos futuros profissionais. A experiência desse Concurso com a presença de chefes experientes, que têm conhecimento de mercado, é fundamental para a formação deles. Quanto mais atividades nesse sentido, melhor preparados eles estarão para iniciar a carreira profissional”.

“Eu tenho a sensação de que nunca saí da Católica, é como se eu tivesse uma eterna ligação com esse lugar”, declarou o chef Kennedy Nunes, egresso do curso, que participou como jurado em outras edições. “Sempre que venho participar de atividades desenvolvidas pelo curso me preocupo com o que irei acrescentar para eles e o que trarei de novidade. No caso do Concurso, o meu comportamento enquanto jurado é muito ligado à formação, e eu me coloco numa posição comercial, então, me pergunto: eu pagaria por esse prato? Erros acontecem em toda cozinha e o profissional precisa estar ciente do que irá enfrentar. A realidade é dura. Cozinha não é status e é necessário estar realmente preparado”.

A personal chef Raquel Amaral, ex-participante do The Taste Brasil 2017 – programa produzido pela GNT, fez parte do júri. Recentemente, Raquel passou por avaliações severas durante o reality show, que teve a presença de alguns dos maiores nomes da gastronomia do país, como Helena Rizzo e Alex Atala. Invertendo os papéis, a chef aproveitou a atividade para ver como é o outro lado, o de quem avalia. “É muito bom ver o pessoal se dedicando tanto, porque cozinha é paixão e ver esse sentimento nos estudantes é muito bom”.

Cardápio
Diversidade e criatividade tomaram conta da noite. Representando a gastronomia turca, o grupo vencedor preparou como prato principal um Manti de cordeiro ao molho de iogurte, Balclava de pistache e amêndoas com especiarias para sobremesa, harmonizado com chá, a bebida mais consumida no país. “A cultura da Turquia chamou a atenção do nosso grupo na escolha pelo tema, pois está completamente inserida na história da culinária do país. Optamos por esses pratos porque os turcos usam bastante oleaginosas e frutas secas, além do iogurte. Então, tentamos usar os ingredientes principais do país e fazer duas preparações marcantes para a competição”, explicou Claudio Fortuna, estudante do curso.

Para representar a gastronomia argentina, foi preparado Bife Ancho com batatas gratin, Red velvet argentino e vinho Malbec. A equipe se desdobrou e sentiu de perto como funcionam os imprevistos de uma cozinha. “Duas pessoas da nossa equipe faltaram, então, todo o planejamento que fizemos teve que ser modificado. Sabemos que isso é algo que pode acontecer no dia a dia de um restaurante e foi importante para além da preparação que tínhamos em mente, podermos colocar em prática o nosso autocontrole. É fantástico poder participar dessa competição. Ter a oportunidade de ouvir uma crítica construtiva ou conselho de um chef renomado é a nossa maior vitória”, ressaltou o estudante Thales Alves.

Com o conceito de servir uma ceia de ação de graças em modo de fast food, a equipe que escolheu os Estados Unidos serviu Hambúrguer de peru com pão de milho, Pumpkin pie com sorvete artesanal de cranberry e cerveja Liberty Ale para harmonizar. “O Concurso é um marco na nossa carreira acadêmica. É como se fosse o nascimento de um filho. Fomos preparados durante esses dois anos para este momento. É pura adrenalina. Lembro tudo que passei, do dia que entrei aqui até hoje. Essa pressão da avaliação é uma amostra do que viveremos no mercado de trabalho. Aqui, ainda podemos cometer alguns deslizes, mas no mercado não”, pontuou o estudante Igor Vicente, integrante do grupo.

O cardápio de Portugal teve direito a um prato típico do país, Polvo a lagareiro, Brisa do Liz como sobremesa e vinho tinto português. A estudante Silmara Ferreira Dias contou que buscaram preparações regionais e típicas para apresentarem na atividade final do curso. “Eu sou apaixonada por gastronomia. É o que eu amo, e essa está sendo a realização do meu sonho, chegar ao fim desse curso. Foi emocionante participar desse Concurso. Meu grupo trabalhou bem integrado e foi, sem dúvidas, uma das melhores experiências que já vivi”.

Jurados
Composto por convidados e chefes que atuam no cenário da gastronomia local, o júri foi responsável pela avaliação dos grupos. Estiveram presentes como convidados: professor André Cavalcanti, diretor da Escola de Gestão e Negócios; professora Christine Maria de Carvalho, diretora da Escola de Educação, Tecnologia e Comunicação; professor Douglas José da Silva, diretor da Escola de Exatas, Arquitetura e Meio Ambiente; Daniela Firme, vocalista da banda On The Rocks; Marla Freitag, produtora da banda On The Rocks. Como avaliadores técnicos, o evento teve a participação do chef Kennedy Nunes e da personal chef, Raquel Amaral.



Juliana Tito

Ir para o menu
Encontre tudo
Redes sociais da UCB
Universidade Católica de Brasília
Campus I - QS 07 – Lote 01 – EPCT – Águas Claras – Brasília – DF CEP: 71966-700 - (61) 3356-9000
Campus Avançado Asa Norte - SGAN 916 Módulo B Avenida W5 - CEP: 70790-160 - Brasília/DF - Telefone: (61) 3448-7116
Campus Avançado Asa Sul - SHIGS 702 Conjunto 2 Bloco A, Brasília, Distrito Federal 70330-710, Brasil
Quem faz? Moringa Digital