Graduação / Ciências Biológicas
Notícias
Ciências Biológicas
18/05/2018 - 16:38
Estudante da UCB é vencedora do Prêmio de Fotografia do CNPq
Dos 430 trabalhos apresentados, Isabela Nicoletti ficou em terceiro lugar na categoria Imagens Produzidas por Câmeras Fotográficas
Estudante da UCB é vencedora do Prêmio de Fotografia do CNPq Isabela Nicoletti
A estudante do curso de Ciências Biológicas, Isabela Nicoletti de Moura, foi uma das vencedoras da 7ª edição do Prêmio de Fotografia - Ciência & Arte, edição 2017. Isabela conquistou o terceiro lugar na categoria Imagens Produzidas por Câmeras Fotográficas: ambiente silvestre e antrópico.

A estudante produziu a imagem vencedora a partir de material do projeto de iniciação científica vinculado ao Programa de Pesquisa Ecológica de longa duração (PELD), “Cerrados do Planalto Central: Estrutura, dinâmica e processos ecológicos - Ecossistemas Aquáticos: Estrutura de comunidades, biomonitoramento, qualidade da água e sedimentos - PELD fase 3”, orientado pela professora Luciana de Mendonça Galvão.

“Sempre me interessei por ambientes aquáticos, antes de começar a graduação trabalhava como fotógrafa de natureza e me encantava pelos rios e cachoeiras encontrados no Cerrado. No segundo semestre da graduação comecei a desenvolver trabalhos no Laboratório de Biodiversidade Aquática da UCB sob orientação da Prof.ª Dra. Luciana de Mendonça Galvão. A partir desses trabalhos passei a ter um novo olhar sobre os ambientes aquáticos que fotografava; a conhecer e aprender sobre organismos que não havia visto antes. Assim, com o projeto de iniciação científica, iniciei meu trabalho com os insetos aquáticos. No projeto temos a oportunidade de participar de todas as etapas, desde a coleta em campo dos insetos aquáticos, realizadas em áreas preservadas do Distrito Federal, até a identificação e documentação fotográfica desses animais”, disse Isabela Nicoletti.

Ainda segundo a estudante, o organismo fotografado, um inseto aquático da ordem Trichoptera, conhecido por construir abrigos usando materiais do fundo dos rios, como folhas e pedras, faz parte do grupo de insetos sensíveis a alterações no ambiente aquático, e por isso são comumente utilizados como bioindicadores da qualidade da água.

“Acho importante prêmios de fotografia como esse realizado pelo CNPq, pois assim temos a oportunidade de mostrar ao público em geral nosso objeto de pesquisa através da fotografia, nesse caso, de revelar esses animais pouco conhecidos e muito importantes para os ecossistemas aquáticos”, frisou Isabela.

Segundo a professora Luciana de Mendonça Galvão, a premiação da Isabela é um importante reconhecimento do trabalho que a estudante vem desenvolvendo em seu projeto de iniciação científica. “A Isabela foi bolsista pela FAP-DF, em 2017, e agora é voluntária no projeto PELD. Na vivência da pesquisa, a aluna fez coletas em riachos de áreas muito preservadas e começou a se encantar pela beleza desses ambientes”, disse.

Para a professora Luciana, a Iniciação Científica ajudou a desenvolver o interesse pela singularidade dos animais que ninguém vê, pois são insetos aquáticos pequenos, extremamente delicados, mas altamente adaptados aos riachos onde vivem. As disciplinas de Zoologia, bem como a vivência no ambiente de pesquisa favorecem o despertar de habilidades que geram bons resultados como essa premiação. “O mérito da estudante é indiscutível e o prêmio mostra que o estudante pode se destacar mesmo durante a graduação, usando as oportunidades de pesquisa”.

Uma das metas do projeto PELD é fazer a documentação fotográfica de animais bioindicadores da qualidade ambiental para gerar um banco de imagens. Essas imagens podem facilitar a identificação dos animais e ajudar pesquisadores e a comunidade no monitoramento de riachos do Cerrado quanto à qualidade ambiental. Assim, a imagem premiada tem várias possibilidades de utilização.

Premiação

O prêmio é uma iniciativa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Nesta edição, foram inscritos 430 trabalhos, dos quais 292 foram pré-selecionados, sendo 195 imagens produzidas por câmeras fotográficas e 97 por instrumentos especiais. Os trabalhos pré-selecionados foram submetidos à comissão julgadora para avaliação, considerando os critérios definidos no regulamento, como impacto visual, inovação, relevância da imagem para a pesquisa, contribuição para a popularização e divulgação científica e tecnológica, e qualidade estética.

A seleção dos vencedores foi realizada no dia 5 de abril e cada avaliador selecionou para a decisão final até seis trabalhos de cada categoria.

Os vencedores, como Isabela, receberão premiação em dinheiro, os valores são: 8 mil, 5 mil e 2 mil para primeiro, segundo e terceiro lugar, respectivamente. A premiação acontecerá durante a 70ª Reunião Anual, de 22 a 28 de julho de 2018, no Câmpus da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), em Maceió (AL).

A Comissão Julgadora do VII Prêmio de Fotografia - Ciência & Arte, designada pela Portaria CNPq nº 024/2018, foi composta por: Maristela Salvatori, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Presidente da Comissão; Fabio Lopes Olivares, da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF); Ismail Norberto Xavier, da Universidade de São Paulo (USP); José Afonso Medeiros Souza, da Universidade Federal do Pará (UFPA); Maria Teresa Gomes Lopes, da Universidade Federal do Amazonas (UFAM); Reginaldo Constantino, da Universidade de Brasília (UnB) e Robert Weingart Barreto, da Universidade Federal de Viçosa (UFV).



Rodrigo Eneas

Ir para o menu
Encontre tudo
Redes sociais da UCB
Universidade Católica de Brasília
Câmpus I - QS 07 – Lote 01 – EPCT – Taguatinga – Brasília – DF CEP: 71966-700 - (61) 3356-9000
Câmpus Avançado Asa Norte - SGAN 916 Módulo B Avenida W5 - CEP: 70790-160 - Brasília/DF - Telefone: (61) 3448-7116
Câmpus Avançado Asa Sul - SHIGS 702 Conjunto 2 Bloco A, Brasília, Distrito Federal 70330-710, Brasil
Quem faz? Moringa Digital