Tecnológicos / Gastronomia
Notícias
Gastronomia
26/07/2016 - 11:14
Empreendedorismo e Inovação em sala de aula
Promovido pela UCB em parceria com o Sebrae, o curso capacitou, entre os dias 20 e 22 de julho, os professores da Escola de Gestão e Negócios. UCB é a primeira do país a receber a nova metodologia de aprendizado
  • Empreendedorismo e Inovação em sala de aula
  • Empreendedorismo e Inovação em sala de aula
  • Empreendedorismo e Inovação em sala de aula
  • Empreendedorismo e Inovação em sala de aula
  • Empreendedorismo e Inovação em sala de aula
Esquerda Foto: Faiara Assis Direita
A Escola de Gestão e Negócios da Universidade Católica de Brasília (UCB), por meio de convênio com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), promoveu entre os dia 20 e 22 de julho, curso de capacitação aos docentes da instituição na área de Empreendedorismo e Inovação. A ação faz parte da semana de preparação pedagógica, que ocorre antes do início de cada semestre, para alinhar os conceitos de metodologias ativas e inovação em sala de aula invertida. A UCB é a primeira Instituição de Ensino Superior (IES) no país a receber a nova metodologia de aprendizado, que integra a educação empreendedora com a inovação.

O objetivo do treinamento é compartilhar o conhecimento com os estudantes ao ofertar uma disciplina atualizada com os novos desafios do mundo do trabalho. A ideia é que os estudantes recebam ainda neste semestre letivo uma nova vivência durante as aulas. Camilla Sara Gonçalves Cunha, professora do curso de Relações Internacionais, é responsável pela iniciativa dentro da Universidade. “Os professores vão absorver essa prática e postura empreendedora em suas diversas disciplinas. Por exemplo, numa aula de gastronomia ou de Relações Internacionais, o professor praticar competências, habilidades e atitudes pensando numa formação completa”, completou.

O analista do Programa Nacional de Educação Empreendedora do Sebrae Nacional, Fernando Cenirio dos Santos, atua com educação superior, convênios com universidade e desenvolvimento de metodologias para esse nível de ensino. Segundo ele, a entidade possui um programa para desenvolver metodologias voltadas ao empreendedorismo, no entanto, a metodologia que inclui inovação é inédita no país. “Essa é uma das cinco metodologias para o ensino superior que trabalha com o empreendedorismo e o desenvolvimento de negócios. Nós priorizamos a Universidade Católica como parceira para desenvolvermos a primeira turma de professores com essa nova disciplina. É um projeto piloto que visa inserir a disciplina no semestre acadêmico. Assim, os estudantes aprenderão conceitos e farão diversas atividades práticas”, explicou.

Educação empreendedora


Aproximadamente 20 professores de áreas diversificadas, como direito, gastronomia, administração, relações internacionais e ciências contábeis, participaram do curso, que teve duração de três dias. “O Sebrae já oferta capacitação voltada ao desenvolvimento de plano ou modelagem de negócios, mas agora essa disciplina foi ampliada para incluir o quesito inovação. Os professores vão implementar este conteúdo diferenciado já no início deste semestre aos estudantes. Eles serão multiplicadores desta tecnologia em suas disciplinas, principalmente, os que lecionam empreendedorismo”, explicou Camilla Cunha.

A Universidade já possui uma matéria de Empreendedorismo no currículo que trabalha a perspectiva de plano de negócios. “O diferencial é a capacitação em desenvolvimento da inovação. O estudante saberá desenvolver um negócio inovador baseado em conceitos de criatividade e inspiração para empreender. Ou seja, ele sairá da universidade preparado para desenvolver um projeto de negócio que seja inovador, como start-ups ou negócios de autoimpacto”, destacou Fernando Cenirio.

Yuri Gitahy, consultor do Sebrae Nacional, acredita que o treinamento aos docentes é essencial porque envolve atividades de interação entre os estudantes e espaço para discussões profundas com dinâmicas mais complicadas. “Os professores vivenciam o que seria realizado em sala de aula. É uma amostragem que facilita: tentamos apresentar cerca de 20 grandes aulas de diversas disciplinas que os estudantes vão ter durante o semestre inteiro. Então, antecipamos essas dificuldades para eles durante o curso para tirar dúvidas. Vamos mostrar aos professores uma sequência do que pode ser melhorado, ou seja, saem de uma ideia solta para surgir um projeto empreendedor”, afirmou.

O Sebrae possui programas com cursos para todas as etapas da educação formal, desde a educação infantil até a educação superior. Lacy de Oliveira Silva, consultora, disse que o curso colabora para o desenvolvimento de competências dos estudantes. O projeto está alinhado com a missão da organização que é fomentar o empreendedorismo. “Quando o estudante ingressa na Universidade, ele é um potencial empreendedor. Empreender não é apenas montar um negócio, mas envolve os empregados que sabem empreender dentro da empresa. Queremos mostrar como fazer isso da maneira correta. Voltado aos docentes, o curso é um projeto piloto que ainda precisa ser validado quando os professores efetivamente implementarem o conteúdo em sala. Depois disso, ofertaremos o curso para todo o Brasil”, explicou.

Anny Cassimira

Ir para o menu
Encontre tudo
Redes sociais da UCB
Universidade Católica de Brasília
Câmpus I - QS 07 – Lote 01 – EPCT – Taguatinga – Brasília – DF CEP: 71966-700 - (61) 3356-9000
Câmpus Avançado Asa Norte - SGAN 916 Módulo B Avenida W5 - CEP: 70790-160 - Brasília/DF - Telefone: (61) 3448-7116
Câmpus Avançado Asa Sul - SHIGS 702 Conjunto 2 Bloco A, Brasília, Distrito Federal 70330-710, Brasil
Quem faz? Moringa Digital