Livre / PROJETO MIGRAÇÃO PARA TV DIGITAL
Notícias
PROJETO MIGRAÇÃO PARA TV DIGITAL
11/08/2016 - 16:43
Universidade Católica firma parceria com entidade Seja Digital
O convênio, assinado no dia 17 de maio, às 17h, no auditório do Bloco Central, contará com a participação de diversos estudantes para mobilização social sobre a TV digital em bairros do entorno do DF
  • Universidade Católica firma parceria com entidade Seja Digital
  • Universidade Católica firma parceria com entidade Seja Digital
  • Universidade Católica firma parceria com entidade Seja Digital
  • Universidade Católica firma parceria com entidade Seja Digital
  • Universidade Católica firma parceria com entidade Seja Digital
  • Universidade Católica firma parceria com entidade Seja Digital
Esquerda Direita
A Universidade Católica de Brasília (UCB) e a Seja Digital, a antiga EAD – Entidade Administradora da Digitalização, criada para gerir o processo de digitalização da TV no Brasil, celebraram convênio, no dia 17 de maio, às 17h, no auditório do Bloco Central, com a presença da reitoria da UCB, diretores de Escola, professores, estudantes, convidados e a diretoria da empresa conveniada.

Compuseram a mesa do evento o reitor da UCB, Prof. Dr. Gilberto Gonçalves Garcia; o diretor-geral da Seja Digital, Antonio Carlos Martelleto; o Pró-Reitor Acadêmico, Daniel Rey de Carvalho; o Pró-Reitor de Administração, Fernando de Oliveira Souza, a diretora da Escola de Educação, Tecnologia e Comunicação da UCB, Christine Maria Soares de Carvalho, e o professor e pesquisador dos cursos de Comunicação Social e do Programa de Mestrado em Comunicação da UCB, Alexandre Kieling.

Em seu discurso, o reitor Gilberto Garcia agradeceu a presença do presidente da Seja Digital e a oportunidade de parceria entre as instituições. “Quero agradecer a todos que se empenharam para a assinatura deste convênio. Que isso seja um grande sucesso e aprendizado para nós alinharmos ainda mais nossas áreas de ensino, pesquisa e extensão”, frisou.

O Distrito Federal é a próxima região a migrar totalmente do sinal analógico para o digital. Por isso, durante cinco meses, a parceria vai envolver estudantes dos cursos de comunicação, serviço social, Tecnologia da Informação, licenciaturas, medicina, fisioterapia e odontologia para atuação em bairros de maior vulnerabilidade social, com trabalho educacional e produção de conteúdo audiovisual para documentação das estratégias e mobilização.

A ideia é dar esclarecimentos à população até o mês de outubro deste ano, quando o sinal será desligado na região. Como exemplo, enquanto alguns estudantes vão trabalhar na disseminação de informações sobre o processo de migração da TV Digital, outros atuarão nos serviços de atendimento ao público, como no ambulatório de hospitais. “Enquanto os caminhos de distribuição de conteúdos ganham outras alternativas, temos que trabalhar com o legado de uma tecnologia que ainda tem maior penetrabilidade no país, que é o sinal analógico”, ressaltou o pesquisador Kieling.

Coordenados com a entidade Seja Digital, os pesquisadores do Programa de Mestrado em Comunicação da UCB realizarão testes de usabilidade do Ginga, por meio de pesquisa no campo da recepção, além de abordar nas disciplinas de comunicação os conteúdos referentes ao processo de digitalização da TV. Em contrapartida, a entidade ainda fornecerá todos os recursos financeiros para as ações e materiais de comunicação sobre a transição de sinal.

O diretor geral da Seja Digital, Antonio Martelletto, falou sobre a criação da Seja Digital com o objetivo de acelerar a digitalização da TV no Brasil e liberar a expansão da internet banda larga. “A televisão tem uma importância especial na vida de todos os brasileiros. Para que a migração do sinal da televisão seja bem sucedida, é fundamental que toda a população tenha acesso à informação do que precisa ser feito para se adaptar ao novo sinal e se sinta estimulada a fazer essa transição. Esse convênio celebrado com a UCB reforça nossa missão de prestar um serviço à população”, conclui Martelletto.

Para o pesquisador Alexandre Kieling, há um número significativo de moradores que acessa os serviços da TV Aberta somente pelas transmissões analógicas. “É um desafio para a radiodifusão brasileira e de telecomunicações, pois estamos diante de um paradoxo tecnológico. O desafio envolve o setor privado, o público, a sociedade e a academia. No campo de comunicação, a TV sempre foi um bem menor, mas nos atentamos para a importância da TV, que fez com que o país como um todo tenha acesso a bens culturais. É uma responsabilidade social e cultural atuar neste espaço”, afirmou Kieling.

Digitalização

Desde abril de 2015, a TV aberta vem sendo modernizada com o processo de troca do sinal analógico pelo sinal digital. Isso significa que, até 2018, todas as capitais e mais 1350 cidades no Brasil terão somente o sinal digital aberto. O avanço permite que os telespectadores tenham em seu televisor uma imagem de alta qualidade, sem fantasmas e um som sem chiados, além de recursos interativos e mobilidade para assistir TV de onde estiver, como no celular, gratuitamente.

Seja Digital

A Seja Digital (EAD - Entidade Administradora de Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais TV e RTV) é a empresa responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico e digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, a entidade tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico.



Anny Cassimira

Ir para o menu
Encontre tudo
Redes sociais da UCB
Universidade Católica de Brasília
Campus I - QS 07 – Lote 01 – EPCT – Águas Claras – Brasília – DF CEP: 71966-700 - (61) 3356-9000
Campus Avançado Asa Norte - SGAN 916 Módulo B Avenida W5 - CEP: 70790-160 - Brasília/DF - Telefone: (61) 3448-7116
Campus Avançado Asa Sul - SHIGS 702 Conjunto 2 Bloco A, Brasília, Distrito Federal 70330-710, Brasil
Quem faz? Moringa Digital