Graduação / Ciências Econômicas
Notícias
Ciências Econômicas
10/11/2016 - 13:50
XVII Jornadas Latino-Americanas de Teoria Econômica
A Universidade Católica de Brasília (UCB) sediou entre os dias 3 e 5 de novembro, no Câmpus II, a 17ª edição do evento com apoio do Programa de Pós-Graduação em Economia
  • XVII Jornadas Latino-Americanas de Teoria Econômica
  • XVII Jornadas Latino-Americanas de Teoria Econômica
  • XVII Jornadas Latino-Americanas de Teoria Econômica
  • XVII Jornadas Latino-Americanas de Teoria Econômica
Esquerda Fotos: Carolina Matos Direita
Realizado anualmente em diversos países da América Latina, como México, Argentina, Uruguai, Brasil e Colômbia, neste ano, a Associação Latino-Americana de Teoria Econômica (ALTE) elencou Brasília como cidade-sede da 17ª edição das Jornadas Latino-Americanas de Teoria Econômica, conhecida como XVII JOLATE. O evento aconteceu no Câmpus II da Universidade Católica de Brasília (UCB) em programação com minicursos e palestras, entre os dias 3 e 5 de novembro, com o objetivo de integrar estudantes e professores com pesquisadores internacionais ativos.

No intuito de estimular jovens talentos para o desenvolvimento da pesquisa em economia matemática, a XVII JOLATE contou com apresentação de trabalhos de pesquisa e a presença de renomados pesquisadores em Economia do Brasil e do exterior, para discussão de temas modernos da teoria econômica e da economia aplicada. Entre os palestrantes, estiveram presentes representantes da Washington University in St. Louis, nos Estados Unidos (EUA), Newcastle University (Reino Unido), Universitat Autónoma de Barcelona (Espanha), Universitat de Girona (Espanha), Universidad de San Luis (Argentina), Universidad de San Luis Potosi (México), Universidad de Venezuela (Venezuela) e Fundação Getúlio Vargas (Brasil).

Durante as sessões ordinárias, palestrantes nacionais de diversas instituições de ensino, pesquisa e administração pública do país abordaram diversas temáticas e foi ministrado minicurso sobre as novas metodologias aplicadas à análise econômica (Compositional Data Analysis). O coordenador do programa de Pós-Graduação em Economia, José Ângelo Divino, acredita que trazer um evento que já passou por vários países da América Latina para o Câmpus II é de grande relevância para a instituição. O evento é aberto ao público com financiamento da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e da FAP-DF (Fundação de Apoio a Pesquisa do Distrito Federal).

“Esse evento internacional acontece desde o ano 2000 e organizamos a JOLATE por meio de um comitê. Dentro de teoria econômica, você pode abordar vários assuntos. Foi uma oportunidade de ouvir apresentações de pesquisadores renomados e os resultados de suas pesquisas, além de interagir e discutir em conversas os temas de pesquisas ao receber críticas e sugestões. Com minicursos, foi possível se aperfeiçoar com a análise de dados, que é muito solicitada na pesquisa. Nas sessões paralelas, pesquisadores jovens com doutorado puderam conhecer outras pesquisas e aprenderam como se portar em eventos científicos com público mais amplo”, disse o professor José Ângelo.

Para o professor do programa de Pós-Graduação em Economia e um dos organizadores do evento na UCB, Wilfredo Fernando Leiva Maldonado, a apresentação sobre corrupção e crescimento econômico é extremamente atual para o Brasil e para o mundo. “A corrupção e seu efeito no crescimento econômico tem impacto relevante, com impactos negativos também na América, Europa e Ásia. É um problema para o país quando passamos a ser tolerantes com ela, pois desloca mão de obra produtiva do setor formal para uma mão de obra não produtiva. As leis são diferentes em cada país, com regras mais eficientes ou mais tolerantes com a corrupção. São essas normas de condutas que viram lei a partir de uma conduta praticada. Em países coniventes, o PIB acaba concentrado em apenas 1% da população”, disse Maldonado.

Segundo Wilfredo, a XVII JOLATE abordou desde assuntos teóricos, como existência de equilíbrio na economia, até assuntos práticos, sobre crescimento e mercado de trabalho formal, num momento em que a Venezuela passa por grave crise econômica. Além disso, tratou de bolhas especulativas no mercado financeiro, política monetária, efeitos macro econômicos e papel do banco central no crescimento econômico. “A Católica sedia este evento pela primeira vez, então, a interação entre jovens professores e estudantes de fora com pesquisadores internacionais é importante para a internacionalização do programa e o acesso de nossos estudantes a instituições parceiras. A maioria dos alunos também trabalha em órgãos públicos e levaram esses conhecimentos às mesas de negociações em políticas públicas”, frisou Maldonado.

Anny Cassimira

Ir para o menu
Encontre tudo
Redes sociais da UCB
Universidade Católica de Brasília
Câmpus I - QS 07 – Lote 01 – EPCT – Taguatinga – Brasília – DF CEP: 71966-700 - (61) 3356-9000
Câmpus Avançado Asa Norte - SGAN 916 Módulo B Avenida W5 - CEP: 70790-160 - Brasília/DF - Telefone: (61) 3448-7116
Câmpus Avançado Asa Sul - SHIGS 702 Conjunto 2 Bloco A, Brasília, Distrito Federal 70330-710, Brasil
Quem faz? Moringa Digital