Graduação / Farmácia
Notícias
Farmácia
10/05/2017 - 15:29
Novos horizontes para a farmacologia
A XI Jornada Farmacêutica reuniu principais recomendações para atuar no mercado de trabalho com eficácia
  • Novos horizontes para a farmacologia
  • Novos horizontes para a farmacologia
  • Novos horizontes para a farmacologia
Esquerda Fotos: Faiara Assis Direita
O ingresso na universidade pode causar uma sensação de incerteza nos calouros. A XI Jornada Farmacêutica: Trilhando Caminhos, realizada pela Escola de Saúde e Medicina da Universidade Católica de Brasília (UCB), de 8 a 10 de maio, no auditório do bloco M, teve como objetivo apresentar atividades exercidas pelos especialistas do ramo da farmacologia por meio de palestras e minicursos.

O evento contou com a participação de diversos profissionais que atuam dentro de 74 áreas diferenciadas como: quimioterapia, análises clínicas, saúde indígena, criação de legislações para o Conselho Regional de Farmácia (CRF), doação sanguínea, cosmetologia; e em importantes órgãos de saúde como Ministério da Saúde (MS) e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Laís Flávia Nunes Lemes, membro da comissão organizadora, explicou que as palestras são motivacionais para calouros e alunos que se sentem perdidos no curso. “Trazer um profissional para contar sobre sua vivência, importância do farmacêutico dentro do mercado de trabalho dá a oportunidade de os alunos irem além da sala de aula”, ressalta.

Estudante do 3º semestre do curso de Farmácia, Thereza Matos, viu na palestra uma oportunidade para complementar suas disciplinas práticas. “Ter contato com uma pessoa que já está inserida no mercado de trabalho e tem certeza do que está falando, e que no futuro você pode ser colega de trabalho dessa pessoa, te dá uma confiança para continuar estudando e aprendendo em lugares certos”. 

Informar para atender melhor

A Jornada trouxe a palestra “Informação qualificada sobre medicamentos de acesso livre na internet”, ministrada pelo farmacêutico do Centro Brasileiro de Informação sobre Medicamentos (Cebrim), Dr. Rogério Hoefler. O palestrante abordou a importância dos meios confiáveis para obter informações oficiais sobre medicamentos. “Os profissionais da saúde devem saber onde encontrar informações de qualidade. Isto é essencial para uma boa sustentação científica e reflete na maneira que o paciente é tratado”, explica.

Segundo Rogério, qualquer tipo de informação deve ser analisada de maneira crítica e categorizada conforme sua complexidade e finalidade. “Há banco de dados de órgãos nacionais e internacionais comprometidos, que devem ser interpretados pelos profissionais e passados para a população. Algo complexo não é eficaz para leigos; e algo generalizado para um especialista”. 

O doutor também advertiu os alunos em relação ao uso da comparação de dados para a obtenção de diagnósticos mais eficazes. “Quando dizemos que um medicamento é bom, estamos automaticamente comparando-o a outro. Tal comparação só é feita quando temos informações de confiança para decidir que tipo de remédio incluir ou excluir do tratamento dos pacientes”, revela.

A pesquisa sobre medicamentos torna-se cada vez mais necessária. Estudante do 6º semestre do curso, Ana Bárbara Moura Siqueira, recorre a recursos não tão utilizados pela maioria dos estudantes, acostumados com bibliografias baseadas em recursos digitais. “Estamos vivendo uma realidade onde temos acesso a uma infinidade de recursos, mas não sabemos filtrá-los adequadamente. Acredito que conseguimos acrescentar em nossa formação se recorrermos mais aos livros do que à internet”.



Ana Velozo

Ir para o menu
Encontre tudo
Redes sociais da UCB
Universidade Católica de Brasília
Câmpus I - QS 07 – Lote 01 – EPCT – Taguatinga – Brasília – DF CEP: 71966-700 - (61) 3356-9000
Câmpus Avançado Asa Norte - SGAN 916 Módulo B Avenida W5 - CEP: 70790-160 - Brasília/DF - Telefone: (61) 3448-7116
Câmpus Avançado Asa Sul - SHIGS 702 Conjunto 2 Bloco A, Brasília, Distrito Federal 70330-710, Brasil
Quem faz? Moringa Digital